É Rodeio

Justiça suspende o Ribeirão Rodeo Music

01/05/2013

 

O Ribeirão Rodeo Music, em Ribeirão Preto (SP), já consagrado como um dos maiores eventos do gênero country do interior de São Paulo, teve sua programação totalmente cancelada na última terça-feira  (30), por determinação judicial. A decisão questiona a estrutura do evento e o uso de sedém nos animais de montaria. Além das provas de montaria, team penning e três tambores, em sua abertura a festa teria shows das duplas Fernando e Sorocaba e Milionário e José Rico. Os organizadores informaram que as apresentações musicais desta terça serão reagendadas e que entrarão com recurso para viabilizar a continuidade da festa até 4 de maio.

Nesta quarta-feira (1º) a organização tentará reverter uma decisão expedida pela 2ª Vara da Fazenda Pública, que proíbe a realização do Ribeirão Rodeo Music porque o alvará do Corpo de Bombeiros não foi providenciado até as 19h de terça. A condição foi determinada em liminar expedida pela juíza Heloísa Martins Mimessi, em resposta a uma ação movida pelo Ministério Público, que apontou problemas no Parque Permanente de Exposições como falta de controle de fiscalização, ausência de qualificação dos integrantes da segurança privada, possibilidade de superlotação e \"ínfimo\" número de viaturas de socorro médico de urgência. A juíza entendeu que os problemas não poderiam ser avaliados por completo até a abertura do rodeio e, por isso, permitiu que a organização realizasse a festa desde que apresentasse um alvará. O documento, no entanto, não foi providenciado até o horário estipulado. Ou seja, uma falha gravíssima dos organizadores do evento.



Proibição de sedém


Além da liminar questionando a falta de alvará, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo proibiu o uso de sedém, esporas e outros instrumentos em animais e estabeleceu uma multa diária de R$ 50 mil mediante o descumprimento da liminar expedida na segunda-feira (29). No documento, o desembargador Ruy Alberto Leme Cavalheiro intensificou as restrições ao uso dos instrumentos em cavalos e touros anteriormente estabelecidas em decisão expedida pela 5ª Vara Civil de Ribeirão em 2012.

A nova proibição veio em resposta a um agravo de instrumento apresentado pelos organizadores do Ribeirão Rodeo Music. “Na verdade, a nenhum tipo de agressão deveriam estar expostos os animais, posto que, ainda que atendam às especificações técnicas, tais objetos lhes causam maus tratos”, expediu o Cavalheiro, citando o Código de Proteção aos Animais.

 


Preocupação

Decisões como esta revelam o grau de desconhecimento de promotores e juízes sobre o rodeio e, especialmente, sobre o tratamento dado aos animais utilizados nas provas. Há estudos realizados por respeitados profissionais revelando que o sedém, a corda americana e as rosetas não causam quaisquer ferimentos nos animais. Entretanto, vez por outra se depara com decisões judiciais dessa natureza, que causam tensão e preocupação entre milhares de trabalhadores que sobrevivem do rodeio. 

 

Copenhagen THE CHAMPIONS Hard Hoper Terra de peao Iha FM Os Vaqueiros Radade
REVISTA É RODEIO ®
A REVISTA DO RODEIO BRASILEIRO
44 3056-1015