É Rodeio

Público protesta contra proibição do rodeio em Prudentópolis

12/08/2016

Um trabalho gigantesco e exaustivo realizado pela equipe da Sólida Rodeios nos últimos três meses, que começou com várias reuniões com a comissão organizadora da Festa Nacional do Feijão Preto, em Prudentópolis, visitas ao comércio, venda de patrocínio, contratação de profissionais e culminando na montagem de uma megaestrutura para a realização do rodeio da cidade, barrou em uma ação judicial que impediu a realização do rodeio na primeira noite da festa.

O primeiro round de montarias, válido pela Liga Nacional de Rodeio, seria disputado na noite de ontem, quinta-feira (11). Porém, uma ordem judicial, a pedido de um promotor público da Comarca, impediu a apresentação dos competidores na primeira noite. Os advogados da Sólida tentaram até o último instante reverter a decisão, porém sem êxito.

Com arquibancadas completamente tomadas pelo público, que por volta das 21 horas aguardava o início da festa, a Sólida Rodeios tomou uma decisão inédita em nível de Brasil. Resolveu realizar a abertura solene, aliás muito bem estruturada pelos locutores Fagner Rangel e Celso Russo, antes de anunciar ao público que não seria realizado o rodeio. Isto porque, na Ação Civil Pública, o Ministério Público pediu a proibição do uso de equipamentos como a corda americana, o sedém e esporas. Uma equipe da polícia ambiental permaneceu durante todo o tempo ao lado da arena, fotografando e filmando tudo.

O público vibrou com a abertura solene comandada por Fagner e Russo. Os peões foram apresentados, um a um, à plateia e, em seguida, deram as mãos em um emocionante momento de oração na voz de Fagner Rangel. Antes de uma apresentação especial do Palhaço PT, houve um belo show piromusical feito pela Interfogos do Brasil.

Tudo parecia preparado para um grande rodeio, mas logo depois da apresentação de um audiovisual apresentado pelo tricampeão Adriano Moraes, sobre os cuidados que os tropeiros e os profissionais do rodeio têm para com os touros, destacando especialmente a alimentação, assistência veterinária e cuidados no manejo, veio a notícia que todos não queriam ouvir. O público, claro, vaiou a decisão, já que há muitos anos não acontece um rodeio com essa dimensão e com tantos nomes importantes do rodeio nacional em Prudentópolis. Percebeu-se um misto de revolta e decepção. O locutor anunciou que a Sólida resolveu fazer a cerimônia de abertura “em respeito ao público que compareceu”. De um a um, os peões foram chamados e cada um deles abriu o brete e soltou o touro no qual se apresentaria. “Fizemos a nossa parte”, disse Mauri.

Dezenas de populares foram até o camarim da sólida, montado nos fundos da arena, e parabenizaram os diretores da Sólida Rodeios pelo esforço em levar um grande evento para a cidade, projetando-a em nível nacional. São poucas as cidades no Brasil que têm a oportunidade de sediar uma etapa do Circuito Barretos de Rodeio e ter o seu representante no maior rodeio da América Latina. A assessoria jurídica da Sólida está trabalhando no sentido de obter uma liminar que garanta a realização do rodeio hoje, amanhã e domingo.

 

 

Copenhagen THE CHAMPIONS Hard Hoper Terra de peao Iha FM Os Vaqueiros Radade
REVISTA É RODEIO ®
A REVISTA DO RODEIO BRASILEIRO
44 3056-1015