É Rodeio

Veja como foi o Rodeio de Ortigueira, no Paraná

22/02/2017

Ao comemorar seus 64 anos, a cidade realizou uma grande festa, com rodeio de qualidade e shows nacionais. Tudo de graça para a população 

O estado do Paraná é conhecido no cenário nacional do rodeio pelas grandes festas que se realizam todos os anos. Além de ser um celeiro de bons profissionais, alguns deles com carreiras no Brasil e nos Estados Unidos, o Paraná é também reconhecido pelo pioneirismo na valorização do rodeio como esporte profissional. Neste sentido, algumas festas merecem destaque especial e uma delas se realiza na cidade de Ortigueira. É a Expo Ortigueira, que de 09 a 14 de dezembro de 2016 movimentou o Centro de Eventos, em comemoração ao 64º aniversário da cidade.

Localizada na região dos Campos Gerais Paranaenses, Ortgueira possui uma população estimada em torno de 24 mil habitantes. Desses, a maioria vive na área rural, já que a agricultura constitui uma das principais atividades econômicas locais. No cenário nacional do rodeio, o rodeio de Ortigueira é conhecido e respeitado, porque tem alguns diferenciais que, além de raros no esporte, contribui para o seu crescimento como atividade profissional no país. Além disso, a festa é integralmente realizada pela Prefeitura, sob o comando da prefeita Lourdes Benach. A presidência da festa é do secretário municipal do Meio Ambiente, o agropecuarista Osmar Ratti, com assessoria da Daylle Ratti. A experiência que Ratti ele acumulou durante anos envolvido com o rodeio da cidade garante não apenas qualidade do evento, mas também credibilidade necessária junto aos profissionais e parceiros do evento. Com rodeio profissional, quatro shows nacionais, praça de alimentação, parque de diversões e shows pirotécnicos, tudo de graça para a população, a Expo Ortigueira 2016 superou seus próprios recordes.

Respeito e valorização do peões

Em 2016, o rodeio da Expo Ortigueira contou com a presença de uma das melhores boiadas existentes hoje no Brasil, a do tropeiro Tércio Miranda. Para fazer frente à qualidade dos touros dessa companhia, a comissão organizadora levou os campeões de rodeio da ACR, uma associação criada em 2015 e que reúne 40 dos melhores peões que o Brasil já conheceu nas últimas décadas. Um dos fundadores da entidade é o bicampeão brasileiro Edevaldo Ferreira. Ele também é bicampeão em Ortigueira (3013 e 2014) e, portanto, conhece muito bem a qualidade da festa. “O seu Ratti e a Daylle, com apoio da prefeita Lourdinha, conseguem fazer uma das melhores festas do Paraná”, disse o caubói.

Para Edevaldo, o rodeio de Ortigueira cresceu muito nos últimos anos. Foi durante essa festa, em 2014, que ele e outros competidores, com apoio de Osmar Ratti, tiveram a ideia de criar a Associação dos Campeões de Rodeio. Em 2013, a premiação dos peões em Ortigueira foi de R$ 17 mil. Já em 2014 subiu para 25 mil e em 2015 e 2016 foi de R$ 40 mil. No Paraná, Ortigueira foi o primeiro rodeio a receber a ACR, em 2015. “Isto ajudou a projetar a nossa associação, conseguimos colocar em prática e mostrar que o projeto era viável”, falou Edevaldo. Para ele, o rodeio da Expo Ortigueira é um dos melhores do Paraná. Além da premiação, os peões contam com mais 4 mil de garantia em contrato, têm camarim nos fundos dos bretes, com frutas, lanche, água mineral e refrigerante, alojamento de qualidade e fazem as refeições durante o rodeio no mesmo restaurante ondem se alimentam os cantores. “Isto é muito raro no rodeio”, diz o peão.

Por isto o rodeio de Ortigueira ganha qualidade a cada edição. Se depender do entusiasmo da prefeita Lourdinha, a festa será ainda melhor nos próximos anos. “Contamos com o empenho e dedicação de toda a equipe de funcionários da prefeitura para dar aos ortigueirenses um belo evento. Nosso povo também fez bonito, prestigiando todos dias de comemoração. Enquanto for prefeita realizaremos essa festa e trabalharemos fortemente para que ela seja cada vez melhor”, garantiu.

 

A festa recebeu grandes nomes do rodeio

O locutor Adriano Duarte, que dividiu o trabalho de arena com o narrador Fagner Rangel, destacou a “competência administrativa e a visão empreendedora”, da prefeita Lourdinha e do presidente da festa, Osmar Ratti. Duarte, que já narrou os maiores rodeios do Brasil durante a sua carreira, afirmou que Ortigueira “é simplesmente surpreendente”, envolvida num Centro de Eventos muito bem montado e com a presença dos melhores caubóis do Brasil, reunidos na ACR. O locutor também destaca a qualidade da boiada Tércio Miranda, ao lado do Som Pop, outros profissionais e uma programação artística de alta qualidade. O que mais chama a atenção, segundo ele, é o respeito total da comissão organizadora para com os profissionais, mas isto, segundo ele, combina com a beleza da cidade e a hospitalidade do seu povo. Já o narrador Fagner Rangel, que há quatro anos narra em Ortigueira, classifica a festa como “inigualável”, destacando a sua grandeza e o fato de ser um evento com porteiras abertas para o povo. “Espero que todas as comissões e prefeituras do Paraná tenham como exemplo esse modelo de rodeio”, comentou. Na grade de shows, a festa teve Banda Opus Dei e talentos locais (dia 09), Jads e Jadson (dia 10), Zezé di Camargo e Luciano (dia 11), Thaeme e Thiago (dia 12) e Eduardo Costa (dia 13).

 

Campeões do rodeio

Os rodeios que têm a participação dos campeões da ACR sempre têm emoção e adrenalina garantidos para o público. A disputa é acirrada porque são competidores experientes, todos campeões de grandes rodeios pelo Brasil, alguns deles com carreira internacional e, portanto, compõem o que há de melhor hoje em termos de atletas de rodeio em touros.

Na Expo Ortigueira 2016 o competidor Ramon de Lima, que representa o estado do Acre, foi o grande campeão. “Era um título almejado, porque é uma festa que tem nome, tem uma boa premiação e onde qualquer peão quer ser o vencedor”, disse o caubói, que faturou prêmio de R$ 15 mil. Em segundo lugar ficou José Vicente Assis, em terceiro Francis Dezembro, em quarto Nilton Batista, e em quinto lugar Anderson de Oliveira.

 

FICHA TÉCNICA

Realização: Prefeitura Municipal de Ortigueira (prefeita Lourdinha)

Presidência: Osmar Ratti

Assessoria: Daylle Ratti

Locução: Adriano Duarte e Fagner Rangel

Estrutura de Palco: Paulo Luzzi

Juizes de Arena: João Carlos Ribeiro (Apucarana/PR) e Osmar Ratti

Juiz de Brete: Agnaldo Ferreira (Tupa/SP)

Comentários Técnicos: Fernando Elias (Santa Juliana/MG)

Boiada: Cia Tércio Miranda

Sonorização, Rodeio Digital e Iluminação: Som Pop (Fernandópolis/SP)

Estrutura de Arena: João Hildebrand

Cenário de Abertura: Pepy Eventos (Colorado/PR)

Decoração de Camarotes: Barony Produções (Uberlândia/MG)

 

Mídia: Revista É Rodeio (Umuarama/PR)

Copenhagen THE CHAMPIONS Hard Hoper Terra de peao Iha FM Os Vaqueiros Radade
REVISTA É RODEIO ®
A REVISTA DO RODEIO BRASILEIRO
44 3056-1015