É Rodeio

Começa o rodeio da Aldeia Tupiniquim/Guarani. É o maior rodeio indígena do Brasil

19/05/2017

Pouco mais de dois mil quilômetros de estradas sinuosas, passando pelas belas serras do estado de Minas Gerais até O exuberante litoral norte do Espírito Santo, foi a distância percorrida pela Revista É Rodeio até a localidade conhecida como Caieira Velha, no município de Aracruz, pertinho da costa marítima. É aqui, na aldeia indígena Tupiniquim e Guarani, que o Circuito Top Cowboy realiza a final da temporada 2016/2017 e inicia o circuito 2018. Este é um dos maiores rodeios indígenas do Brasil, realizado paralelamente ao Fórum Indígena das comunidades Tupiniquim e Guarani. Um rodeio diferente, com a marca Top Cowboy, uma das que mais crescem em Minas Gerais e Espírito Santo. Além da final, com alguns dos melhores competidores dessa região do Brasil, o evento reúne grandes nomes do rodeio nacional, como o locutor Eduardo Matos, a equipe Babalú, a Revista É Rodeio e o cão Caetano, um astro das arenas brasileiras. Na abertura oficial da festa, quinta-feira a noite, ao invés de políticos, como normalmente acontece, quem entrou na arena foi o cacique da aldeia, sua família e o representante da Funai. “Há vários anos essa comunidade desejava realizar o seu rodeio e nós acreditamos que seria possível, fizemos a parceria e a festa acontece”, diz André Marchini, o Jabá, diretor do Top Cowboys. Com essa grande final, o Circuito sai daqui para um sucesso ainda maior na temporada 2017/2018.

Copenhagen THE CHAMPIONS Hard Hoper Terra de peao Iha FM Os Vaqueiros Radade
REVISTA É RODEIO ®
A REVISTA DO RODEIO BRASILEIRO
44 3056-1015