É Rodeio

BICAMPEÃO MUNDIAL PBR

29/10/2012

Na tarde de domingo, 28, Silvano Alves fez história na Professional Bull Riders ao conquistar seu segundo título mundial. O paulista de 24 anos tornou-se o primeiro atleta a vencer dois campeonatos consecutivos e agora é também o único competidor em atividade com mais de um título. Silvano fechou a temporada com um total de US$ 1.464,475 em prêmios e com isso ele ultrapassou a marca de US$ 3 milhões apenas 28 meses após começar a competir em terras americanas. A vitória deste ano foi mais apertada e só decidida no último round quando Valdiron de Oliveira e os americanos Austin Meier e LJ Jenkins, que mantinham chances de ultrapassá-lo, caíram do último touro que montaram. Silvano Alves foi declarado campeão mesmo antes de fazer sua última montaria e encerrou o ano com um aproveitamento de 60% nos touros que montou. “O primeiro título foi ótimo, mas o segundo é ainda melhor,” declarou o campeão. Confira a cobertura completa da Final Mundial da PBR em Las Vegas na próxima edição da REVISTA É RODEIO, em dezembro.

Quem também fez história no domingo foi Robson Palermo, que conquistou pela terceira vez a vitória na PBR World Finals, principal evento da temporada. Palermo chegou a Las Vegas com uma grave lesão em cada ombro e na quinta-feira deslocou o joelho, mas mesmo assim só foi derrotado por um dos seis touros que montou. O acreano, além de se tornar o único atleta a vencer três vezes o maior evento de montaria em touros do mundo é também o primeiro a vencer duas vezes consecutivas, já que foi campeão também em 2011. A vitória lhe rendeu US$ 304 mil em cinco dias de competição e um total de US$ 466 mil durante a temporada. Pelo terceiro ano consecutivo o Brasil conquistou também o título de Rookie of the Year (Revelação do Ano) desta vez com Emilio Rezende. O goiano de 25 anos chegou a decisão na terceira posição neste Ranking, mas após parar em quatro dos seis animais que montou fechou o evento na segunda colocação, embolsando US$ 181 mil nas finais e um total de US$ 271 mil durante a temporada, onde participou de apenas metade dos eventos. Emílio, que não participa do campeonato brasileiro da PBR foi aos Estados Unidos por conta própria e buscou na segunda divisão americana uma vaga na elite do campeonato, terminando heroicamente o ano na 12ª colocação.

Os seis primeiros colocados do evento de Las Vegas foram brasileiros e dos 10 melhores da temporada, sete são do Brasil, incluindo três entre os cinco melhores. Guilherme Marchi, que chegou a Final na quarta colocação encerrou a ano em segundo lugar. Esta foi a quarta vez em oito anos que Guilherme conquista o vice-campeonato mundial. Outro destaque foi o atual campeão brasileiro Edevaldo Ferreira, que mesmo participando apenas da final mundial encerrou a temporada na 28ª colocação. A PBR World Finals deste ano contou com 13 brasileiros, número recorde em 19 edições da competição e com apenas quatro atletas a menos que os Estados Unidos, que este ano tiveram apenas 17 representantes.

 

 

ABINER HENRIQUE THERÉZIO

 

Especial para a Revista É Rodeio

 

Copenhagen THE CHAMPIONS Hard Hoper Terra de peao Iha FM Os Vaqueiros Radade
REVISTA É RODEIO ®
A REVISTA DO RODEIO BRASILEIRO
44 3056-1015